conheca-as-opcoes-de-fluxo-de-pagamento-para-marketplace

Conheça as opções de fluxo de pagamento para marketplace

13 de dezembro de 2018 | Por Bepay

Entenda de qual forma esses modelos de pagamentos funcionam e como eles podem alterar o fluxo de pagamento do seu marketplace

Diferentemente de um e-commerce, que se caracteriza por ser um único comércio no ambiente digital, o marketplace pode ser definido como a vitrine de diferentes fornecedores, isto é, uma espécie de shopping do mundo virtual.

E como todo shopping que almeja crescer com o sucesso de suas lojas, a norma dos marketplaces é melhorar os resultados de seus parceiros sem aumentar as suas despesas.

Assim, uma alternativa interessante para que isso ocorra é a redução dos custos fixos, muitos dos quais estão presentes nos modelos mais tradicionais de negócio.

De maneira objetiva, a composição desses marketplaces é formada por empresas externas – profissionais e autônomos – que costumam concentrar uma enorme quantidade de demandas para entrega dos serviços ou produtos, situação que pode acarretar em grandes acúmulos, além da perda de vendas.

Para facilitar esses processos, mais especificamente na divisão dos pagamentos entre os fornecedores – situação que facilita a agilidade do pagamento dos clientes -, costuma-se utilizar alguns modelos determinados de pagamento.

Os modelos de fluxo de pagamento para marketplace

Basicamente, vamos analisar dois modelos de recebimento: o de conta mestre e o de subcontas.

Conta mestre

Como o próprio nome já propõe, se trata de uma conta central do intermediador de pagamentos, que realiza o faturamento e o recebimento dos valores pagos pelo cliente e divide a quantia estipulada para cada fornecedor parceiro do marketplace.

A parte que o marketplace cobra pelos serviços fica na conta mestra, a disposição do empreendimento.

Um detalhe interessante fica por conta dos pagamentos parcelados, realizado pelos clientes, que podem ser antecipados de acordo com os intermediadores de pagamento contratados.

Algo que pode ser um benefício essencial para as empresas que não querem esperar o fim das parcelas.

Dependendo do acordo feito entre o intermediador e o marketplace, os valores são enviados para as respectivas subcontas dos parceiros, ação que deixa os saques para contas bancárias totalmente disponíveis.

Ou seja, vale a pena pesquisar bem os intermediadores de pagamento que oferecem os melhores serviços e preços para o seu negócio.

Transação por subcontas

Nesse modelo, após o início do processo de compra, feito pelos clientes, não é mais a conta mestre que faz as ações de distribuição, mas sim as próprias subcontas.

E isso ocorre por meio do Split payment (split de pagamento) – solução que permite ao cliente fazer um único pagamento, mesmo que ele tenha comprado produtos de diferentes fornecedores em um marketplace, que também distribui os valores determinados a cada parceiro.

Confira mais informações sobre Split de Pagamento.

Basicamente, a conta mestra só fica com o valor referente ao marketplace, os outros valores são destinados para cada parceiro e o intermediador de pagamento contratado.

No modelo de subcontas, o vínculo com os fornecedores parceiros é menor, assim como a complexidade e o risco fiscal. Contudo, os fornecedores conseguem visualizar as tarifas pagas ao intermediador.

Quer saber mais informações sobre uma solução que vai potencializar os seu pagamentos?

Então clique aqui e confira.

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos e com prioridade

Confira mais conteúdos e dicas do nosso blog.

Split de pagamento com Sellers e Híbrido: quais as diferenças?

Os termos que envolvem o Split de pagamento ainda estão causando certa dúvida? Confira o…

Leia mais

17 de janeiro de 2019 | Por

Meios de pagamento online mais usados: semelhanças e diferenças

Confira quais são os principais meios de pagamento do mercado eletrônico, além de entender mais…

Leia mais

11 de janeiro de 2019 | Por

Como organizar o 2019 da sua empresa com uma plataforma de pagamento

A sua empresa não teve um 2018 tão organizado quanto você queria? Veja como reorganizar…

Leia mais

4 de janeiro de 2019 | Por