vida financeira da sua empresa

8 segredos para equilibrar a vida financeira da sua empresa

3 de julho de 2018 | Por Bepay

Entenda como ações simples e bem planejadas podem organizar a vida financeira da sua empresa

Está com dificuldades para controlar a vida financeira da sua empresa e vive com a conta no vermelho? Não se desespere, reunimos oito dicas para você tomar as rédeas do seu dinheiro:

1. Tecnologia como aliada

A tecnologia disponibiliza ferramentas digitais eficientes para o aumento do detalhamento de gastos na vida financeira. Inovações na forma como os clientes efetuam os pagamentos, por exemplo, possibilita o controle imediato de transações bancárias e, atualmente, até a dispensa das máquinas de cartão, transformando o procedimento em algo rápido e seguro, tudo através de QR code, utilizando apenas o próprio smartfone.

2. Separe a conta bancária jurídica da pessoal

Ter um controle rígido com as compras e vendas é essencial para garantir uma vida financeira saudável. Ação que deve ser adotada tanto em caráter empresarial como pessoal, do contrário, aglomerar despesas próprias na mesma aplicação pode gerar confusão e desentendimento.

3. Conheça os prazos

O primeiro passo para controlar o fluxo de caixa é entender os seus prazos de pagamento. Afinal, segundo Silvio Passarelli, diretor da FAAP, muitos empresários confundem questões de longo, médio e curto prazo, provocando perdas significativas.

4. Análise os gastos

Acompanhe as planilhas de maneira detalhada e com frequência semanal. Relacione todos os gastos em uma ferramenta digital, sempre buscando o corte de custos desnecessários para a vida financeira da sua empresa.

5. Faça uma relação de todas as suas dívidas

Não fuja das dívidas, elabore uma lista na qual você associe todas elas. Em cada quesito é necessário apontar o valor total do saldo devedor, nome do credor, o valor mensal da prestação e o Custo Efetivo Total (CET).

6. Negocie dívidas

Busque renegociar as dívidas com o banco. Em muitos casos, prazos mais longos e ajustáveis a realidade da empresa podem significar economia.

Segundo Ione Amorim, economista da IDEC, caso o acordo não avance, o consumidor deve avaliar a transferência da dívida para outro banco.

7. Planeje o orçamento futuro

Todo empreendedor possui planos para crescer, contudo, para que esses projetos se tornem realidade é importante que os objetivos de avanço sejam atingíveis e progressivos. Tenha o hábito de pensar no futuro e ajustar o orçamento a sua vida financeira.

8. Procure mais aprendizado

“Seus clientes mais insatisfeitos são sua melhor fonte de aprendizado”, relatou Bill Gates, fundador da Microsoft.

Gerenciar um empreendimento não significa ser especialista em todas as áreas, no entanto, ter o entendimento básico dos processos que circulam o seu negócio é primordial, inclusive nas novas tendências: como o desenvolvimento de soluções mais atrativas no campo das ofertas e fidelidade do cliente, que são ótimas formas de investir de maneira planejada.

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos e com prioridade

Confira mais conteúdos e dicas do nosso blog.

Split de pagamento com Sellers e Híbrido: quais as diferenças?

Os termos que envolvem o Split de pagamento ainda estão causando certa dúvida? Confira o…

Leia mais

17 de janeiro de 2019 | Por

Meios de pagamento online mais usados: semelhanças e diferenças

Confira quais são os principais meios de pagamento do mercado eletrônico, além de entender mais…

Leia mais

11 de janeiro de 2019 | Por

Como organizar o 2019 da sua empresa com uma plataforma de pagamento

A sua empresa não teve um 2018 tão organizado quanto você queria? Veja como reorganizar…

Leia mais

4 de janeiro de 2019 | Por